SISTEMAS

Conheça nossos sistemas desenvolvidos para aumentar a arrecadação municipal

Somos especialistas no desenvolvimento de tecnologias para geração de receitas próprias municipais com inteligência fiscal de forma a permitir a modernização da gestão tributária no município. Conheça nossos sistemas:

SRP

SISTEMA DE RECEITAS PRÓPRIAS (GESTÃO TRIBUTÁRIA)

NFS-e

SISTEMA DE NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA

SDEC

SISTEMA DE DECLARAÇÃO ELETRÔNICA DE CARTÓRIOS

SFISC

SISTEMA DE FISCALIZAÇÃO ELETRÔNICA

PROPRIEDADE INTELECTUAL:
A Solução E-RECEITA possui registro de propriedade intelectual registrada no INPI sob o número BR512018051881-8

SDES

SISTEMA DE DECLARAÇÃO ELETRÔNICA DE SERVIÇOS

DESIF

SISTEMA DE DECLARAÇÃO ELETRÔNICA DE INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS

SPR

SISTEMA DE PROTOCOLOS E ROTINAS

SCWEB

SERVIÇOS DO CONTRIBUINTE NA INTERNET

SEGURANÇA DE DADOS:
Os sistemas atendem, integralmente, a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) e as normas internacionais de segurança da informação.

Dúvidas? Fale conosco

Sistema de Receitas Próprias - SRP

(IPTU, ISSQN, Dívida Ativa, ITBI, Taxas, serviços públicos,  protesto de CDA)

O SRP – Sistema de Receitas Próprias tem como objetivo o gerenciamento de todos os procedimentos pertinentes ao setor tributário de uma prefeitura. É totalmente parametrizável tornando-se compatível ao Código Tributário Municipal e em conformidade com os princípios constitucionais.

 

O sistema apoia o trabalho do gestor permitindo a simulação dos lançamentos de competência da administração municipal, de forma que o possa fazer a devida conferência, e tome a melhor decisão, antes do lançamento oficial. Além disto, executa revisão do lançamento, constrói uma base histórica do lançamento e permite reparcelamentos. Agrupa cobranças de um único contribuinte e efetua a impressão na prefeitura ou faz exportação para gráficas.

 

Possibilita a emissão de guias de arrecadação dos impostos e das diversas taxas previstas na legislação municipal. Processa os arquivos de retorno das guias de arrecadação de forma automática.  A cobrança pode ser feita através de impressão de guias pela Internet ou através da emissão de dados em gráficas.

 

Possui uma opção para a importação, gravação e baixa automática das guias pagas pelo Simples Nacional (conforme lei 123/2006) e permite a opção para emissão de Relatórios necessários para a conferência e envio para a contabilidade com a classificação dos tributos de acordo com a sua conta orçamentária.

 

O sistema possui rotina específica para facilitar o atendimento disponibilizando funcionalidades de serviço ao contribuinte em tela única, visualizando em apenas uma consulta toda movimentação existente para o lançamento como: lançamento, parcelas, vencimento, inscrição em dívida, número do termo de inscrição em dívida ativa, número do livro e folha da dívida ativa, número da CDA, número do processo de Execução, número da guia/acordo de pagamento, situação dos acordos/parcelamento permitindo ainda gerar um relatório/extrato da situação do contribuinte, objetivando agilizar o atendimento. Executa todos os procedimentos pertinentes à rotina de inscrição e execução da Dívida ativa, possuindo ainda opção para protesto da CDA  de forma automática.

fundo8.jpg

Sistema de Nota Fiscal de Serviços Eletrônica - NFS-e

A Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) é um documento emitido e armazenado eletronicamente com o objetivo de registrar as operações de prestação de serviços permitindo ao município cumprir ao  disposto no inciso XXII do art. 37 da Constituição Federal, incluído pela Emenda Constitucional nº 42, de 19 de dezembro de 2003, segundo a qual as administrações tributárias da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios atuarão de forma integrada em suas atividades essenciais, inclusive com o compartilhamento de cadastros e de informações fiscais, na forma da lei ou convênio. Vários benefícios podem ser apontados com a implantação deste sistema, além do cumprimento à legislação:

 

BENEFÍCIOS PARA PREFEITURA
»» Aumento da Arrecadação porque inibe a sonegação por ser mais fácil rastrear e identificar omissões;
»» Maior efetividade nas ações de fiscalização (fiscalização pontual) porque o funcionário da Prefeitura tem acesso aos dados gerados pelo contribuinte em tempo real;
»» Atendimento à legislação e às exigências dos próprios contribuintes que pretendem prestar serviços para os órgãos públicos.

 
PARA O CONTRIBUINTE:
»» Redução de custos: de impressão de talão de notas fiscais, de envio e armazenagem de documentos fiscais;
»» Facilidades para gerenciamento das Notas Fiscais emitidas e recebidas;
»» Redução de tempo de chegada do documento ao destino para o tomador de serviço;
»» Acesso rápido ao arquivo histórico de notas fiscais emitidas;
»» Emissão, cancelamento e 2ª via da nota fiscal de serviços “on line”;

 
PARA A SOCIEDADE:
»» Impacto positivo no meio ambiente, com redução no consumo de papel;
»» O sistema é totalmente seguro e permite o acesso através da Internet de forma individualizada, tanto para os contribuintes como para a Prefeitura;

Sistema de Declaração Eletrônica de Serviços - SDES

A Declaração Eletrônica de Serviços (DES) é um sistema, diretamente relacionado com a NFSe já que será disponibilizado pelo município de forma eletrônica, para todos os prestadores e também para todos os contribuintes definidos como declarantes para escrituração dos documentos fiscais emitidos (notas fiscais de serviços, notas fiscais de faturas de serviços, cupom fiscal, etc.), estabelecendo obrigações a serem cumpridas pelos contribuintes do seu município gerenciando de forma eficaz o recolhimento do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza – ISSQN.

 

O sistema garante maior agilidade, transparência, eliminação de retrabalhos, melhoria das informações, antecipação de resultados, diminuição de ações fiscais, melhoria no relacionamento entre contribuinte e fisco municipal, previsão antecipada de geração de receitas do ISSQN, diminuição na sonegação e aumento de arrecadação entre outros.

 

A Declaração Eletrônica do ISSQN facilita e agiliza o cumprimento das obrigações acessórias instituídas na Legislação Municipal, disponibilizando aos contribuintes sujeitos a essas obrigações, recursos e informações para Declaração das Informações Fiscais de Serviços Eletrônica, Impressão de Documentos e emissão do Documento de Arrecadação Municipal (DAM).

fundo7.jpg

Sistema de Declaração Eletrônica de Instituições Financeiras - DESIF

DESIF é um sistema disponibilizado pelos municípios para que as instituições financeiras e equiparadas autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil (BACEN) e demais pessoas jurídicas obrigadas a utilizar o Plano de Contas das Instituições financeiras (COSIF), possam registrar a apuração do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN).

 

O sistema DESIF não é somente um software para declaração dos serviços prestados e tomados pelas instituições financeiras, mais sim um sistema de gerenciamento e cruzamento de informações, possibilitando a emissão de diversos tipos de relatórios e cruzamento de dados para direcionamento no trabalho Fiscal.

Por possibilitar o cruzamento e gerenciamento de informações, o sistema permite à Administração Pública uma visão detalhada das informações prestadas pelos bancos, distinguindo assim cada estabelecimento, tendo uma visão de todas as contas de resultados credoras e o seu vínculo ao item da lista da lei 116/03.

O cruzamento de informações entre dados declarados pelas Instituições Financeiras às Prefeituras versus os dados declarados por eles ao Banco Central do Brasil, muitas vezes não são iguais, provocando uma evasão fiscal significativa para a Administração Pública.

O sistema DESIF permite à fiscalização municipal a elaboração de relatórios apontando as eventuais distorções, trazendo, portanto, um efetivo aumento da arrecadação.

O sistema permite ainda a importação de dados dos anos anteriores de acordo com o Plano de Contas do Banco, permitindo que possa ser efetuado a apuração dos créditos Pretéritos dos Bancos, aumentando ainda mais a receita.

O sistema possui relatórios comparativos para que a fiscalização possa elaborar notificações. Efetua cruzamento de dados com inteligência fiscal para facilitar o trabalho do fiscal, além de possuir diversos relatórios gerenciais para apoiar a Administração.

Sistema de Declaração Eletrônica de Cartórios - SDEC

O sistema permite a declaração eletrônica dos serviços cartoriais a partir da seleção do período de competência para o lançamento, inclusive identificando o tipo de estabelecimento de serviços notariais e de registro.

Permite que para cada tipo de estabelecimento vinculado à declaração, seja demonstrado os códigos dos atos para identificação do serviço prestado com o valor dos emolumentos.

Permite que na escrituração seja identificado a quantidade de documentos referente a cada ato e após o lançamento seja efetuado o valor do ISSQN a recolher de acordo com o valor dos emolumentos.

Preserva a segurança das informações garantindo o sigilo de acesso dos serviços municipais e funcionários dos cartórios, devidamente habilitados para desempenhar tal função através de senha própria e intransferível.

Sistema de Fiscalização Eletrônica - FISC-e

FISC-e é um sistema de gestão, que permite aos fiscais do município controlar e fiscalizar os lançamentos e recolhimentos dos tributos efetuados além de verificar o cumprimento das obrigações principais e acessórias dos contribuintes.

 

O sistema FISC-e gera a Programação das Ações Fiscais possibilitando selecionar as atividades a serem fiscalizadas, a distribuição da carga de trabalho entre o corpo fiscal, a emissão da Ordem de Serviço, conforme cada tipo de ação e a produtividade de cada fiscal. Permite fiscalizar o lançamento, acompanhar as ações fiscais em todas as suas fases.

 

Gera o TIAF (Termo de Início de Ação Fiscal) indicando o fiscal responsável com as atividades a serem desenvolvidas nesta ação de fiscalização. O fiscal poderá consultar as ações direcionadas pela chefia e identificar o seu nível de responsabilidade.


Permite a elaboração de documentos que facilitem o trabalho do corpo fiscal, tais como Auto de Infração, Termo de Início de Ação Fiscal – TIAF e Notificação de Enquadramento dentre outros. Permite a elaboração, a emissão e o controle de Autos de Infração, e imposição de multa incluindo: enquadramento legal, descrição de fatos, cálculos automáticos do principal e acréscimos legais e emissão de termos diversos. Facilita a execução de todos os procedimentos de uma atuação fiscal.

 
Permite, ainda,  o controle da Gratificação por Produtividade Fiscal em conformidade com as Leis e regulamentos que as instituíram no município.

Sistema de Protocolos e Rotinas - SPR

O objetivo principal deste sistema é registrar e controlar, eletronicamente, os documentos que tramitam entre diversos setores da Prefeitura.

 

Como benefício imediato deste processo informatizado é a possibilidade de otimização dos processos melhorando assim a produtividade dos diversos setores da Prefeitura.

 

É totalmente parametrizável tornando-se compatível aos procedimentos e rotinas da Prefeitura de forma a refletir a sua realidade de trabalho e ainda possibilitar sua melhoria contínua.

 

Através do levantamento das rotinas de trabalho, é possível, com a Técnica de Análise de Processos, promover a otimização das tramitações como forma de dar mais agilidade e produtividade à Prefeitura mesmo antes da implantação total do sistema.

 

Mantem uma base de dados centralizada para permitir identificar os processos em qualquer local mediante senha de acesso personalizada, a qualquer hora, sua localização e andamento, proporcionando dessa maneira, maior agilidade, precisão e, consequentemente, um melhor atendimento ao público interno e externo à Prefeitura.

 

O sistema SPR permite também, o relacionamento direto com o cidadão (via Internet ou presencialmente na Central de Atendimento), trazendo para o ambiente da Prefeitura, a competência e a transparência no serviço público municipal além de permitir o cumprimento da Lei no 12.527, de 18 de novembro de 2011.

fundo9.jpg

Sistema Portal do Cidadão - Serviços na Web

Disponibiliza na WEB prestação de serviços ao cidadão permitindo que o mesmo possa executar funções pertinentes sem ter que se deslocar à Prefeitura com total segurança de acesso, funcionando 24 horas por dia e 7 dias na semana.

Disponibiliza serviços ao cidadão via web com no mínimo as seguintes funcionalidades:

  • Consultas a processos/protocolos verificando sua situação e andamento
     

  • CND – certidão negativa de débito
     

  • Certidão Positiva com Efeito de Negativa
     

  • Extrato de lançamentos do contribuinte
     

  • Acesso aos dados do IPTU
     

  • Acesso aos dados de ISSQN 
     

  • Emissão de taxas;

  • Alvará (emissão de documento e guias)

  • Registro Processos e Protocolos na web

Quer saber mais sobre nossas soluções em sistemas?

Fale conosco e agende uma apresentação.
Preencha o formulário abaixo que em breve um de nossos consultores entrará em contato.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 

(11) 2615-7815

(31) 3297-8202

A Tributarie Eficiência Fiscal é especialista no desenvolvimento de sistemas com foco em geração de receitas próprias para prefeituras por meio de tecnologia de ponta e metodologias de inteligência fiscal. Nossa missão é contribuir com a geração e aumento das receitas municipais promovendo a modernização da  receitas próprias do município utilizando a tecnologia da informação como ferramenta fundamental para integração dos processos da administração, de forma evolutiva, contínua e de baixo custo. 

ENDEREÇOS PRINCIPAIS:

 

R. IGUATEMI, 448 CONJ. 901 - ITAIM BIBI - SÃO PAULO/SP

AV. OLEGÁRIO MACIEL, 2251 SANTO AGOSTINHO - BELO HORIZONTE/MG

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco